Se você está com sua viagem programada para o Chile pode ficar tranquilo que basta seguir o passo a passo para que sua viagem seja perfeita.

Se planejamento nunca foi seu forte, agora é hora de começar a se planejar, digo isso porque tem alguns itens que precisam ser feitos com antecedência e entre eles está a sua vacinação e validação das vacinas no site oficial do Chile.

Então se você pretende visitar o Chile em breve, acompanhe esse artigo onde separei algumas dúvidas e claro, como fazer tudo com tranquilidade e organização.


Quem pode entrar no Chile?


Todas as pessoas com seu esquema de vacinação completo ( duas doses) ou ainda a dose de reforço.


Todos os estrangeiros não residentes com seu esquema de vacinação completo

e suas vacinas previamente validadas pelo Ministério da Saúde, através do site mevacuno, exceto aqueles que estiveram nos últimos 14 dias em alguns países da África.


As crianças poderão entrar no Chile, mesmo sem a vacina?


Todas as crianças com menos de 6 anos de idade, independentemente da sua nacionalidade ou estado de vacinação. As demais deverão contar com a vacinação previamente validada e com seu passe de mobilidade.


Quais são os requisitos para entrar no Chile?


  • Validar a vacina no sistema  https://mevacuno.gob.cl/ [Solicitar 45 dias antes]
  • Teste RT- PCR - Covid com coleta feita em até 72 horas antes do embarque no avião (a partir dos dois anos de idade)
  • Declaração Jurada disponível no site c19.cl [48 horas antes anexar resultado do exame PCR]
  • Seguro Viagem de U$ 30 mil e com cobertura para Covid
  • Novo teste RT-PCR ao entrar no Chile [Governo anunciou esse exame a 40 dólares mas no momento está gratuito]

Quais vacinas são aceitas no Chile?


Todas as vacinas aprovadas pelo Instituto Chileno de Saúde Pública

(ISP), a Organização Mundial da Saúde (OMS), a Food and Drug Administration

Medicamentos dos Estados Unidos (FDA) e a Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

Atualmente, estes correspondem aos da: 


Moderna

Pfizer / BioNTech

Janssen (Johnson & Johnson)

Oxford 

AstraZeneca

Sinopharm

Sinovac (Coronavac)

CanSino 

Generium (Sputnik-V)


Quando devo fazer a validação da minha vacina?


Devido ao elevado número de pedidos estamos indicando dar entrada com 45 dias de antecedência a data marcada ao seu embarque, uma vez que se der alguma divergência nos dados, você tenha tempo hábil para atualizar as informações.


Quanto tempo leva o processo de aprovação da vacinação?


Depende do país de vacinação, mas em média leva 20 dias consecutivos. 


Saiba o passo a passo de como validar a sua vacina através desse link e quais vacinas serão aceitas no Chile.


link da matéria no blog



Como saber se meu seguro viagem atende as exigências de entrada no Chile?


É importante que o seguro indique explicitamente na apólice que ele cobre o COVID-19. O certificado deve ser anexado no C19. Procure seu corretor de seguro para te ajudar, ou ainda nossos consultores, que estão aptos a te orientar.


Montamos um material especialmente pra você sobre o Seguro Viagem.

Clique aqui.



Para cotar seu seguro viagem clique aqui


Dúvidas comuns no procedimento de entrada ao Chile


Abaixo colocamos algumas dúvidas que podem te ajudar nesse processo de entrada ao Chile.


Tenho a terceira dose da vacina, preciso fazer novo PCR ao chegar no Chile?


A princípio ao entrar no Chile, quem tivesse a terceira dose da vacina estaria liberado do novo teste de PCR, porém com o aparecimento da variante Omicron, o MINSAL destacou que embora tenham “dito que os viajantes que receberam doses de reforço, estariam dispensados ​​de realizar o teste PCR ao entrar no Chile”. esta nova situação, "esta decisão é adiada."


Todos os estrangeiros vacinados devem fazer a PCR na chegada e aguardar, em quarentena, até obter resultado negativo?


Sim, todas as pessoas que entram no país devem se submeter ao procedimento indicado.


Vou conhecer o Atacama, preciso esperar meu resultado em Santiago?


Desde 1º de dezembro, quem entrar no Chile e fizer conexão para outra cidade do país, poderá continuar sua viagem até seu destino final e aí aguardar o resultado do PCR de entrada, especificamente no endereço declarado em C19. 


Se houver voos com conexão para regiões, o PCR deve ser feito no SCL ou será possível fazer a conexão e fazer o exame na região de destino?

A partir de 1º de dezembro, quem entrar no Chile e fizer conexão com outra cidade do país, deverá se submeter à entrada obrigatória do PCR no Aeroporto / Passagem de Fronteira e então poderá seguir viagem até seu destino final e aí aguardar. o resultado da PCR.


O passageiro pode optar por não fazer o PCR no aeroporto e adquirir um PCR por ele pago, com resultados em menos horas? 

Não. No momento existe apenas um mecanismo, que é o PCR feito no aeroporto pelo Ministério da Saúde. Após a retirada da amostra, você dirige-se ao local informado no formulário C19 e aguarda o resultado. Com o código que eles fornecem, você entra em um site que eles indicam e analisa seu resultado. Nenhum outro teste pode ser executado.


A amostragem é contínua, ou seja, serviço 24 horas?

Sim, como tem sido até agora.


O exame obrigatório tem custo ou é gratuito?

O exame obrigatório efetuado pelo MINSAL é para todos, obrigatório e gratuito, até novo aviso.


Como o resultado do PCR realizado no Chile é comunicado ao viajante?

Ao fazer o exame, o passageiro recebe um código e a página onde pode revisar o resultado. Após 6 horas de coleta da amostra, recomendamos acessar a página e revisar o resultado.


Se alguém receber um resultado positivo, quanto tempo antes que outro teste possa ser feito para ver se foi um falso positivo? Todos os clientes terão resultados de PCR negativos 72 horas antes de voar para o Chile, portanto, é improvável que o teste seja positivo na chegada, a menos que seja um resultado falso positivo.


Qualquer pessoa que obtiver resultado positivo na PCR deve fazer a quarentena, sem a possibilidade de ser dispensada com um segundo teste.




Se precisar de apoio lembre-se de consultar os sites oficiais do Chile. Nossos consultores estão aptos a te orientar sobre como buscar ajuda.



Tenha uma excelente viagem e nos vemos no Chile!