Tudo sobre o Chile

Qual a melhor moeda para utilizar no Chile? Peso Chileno, Real ou Dólar?

Se você está planejando uma viagem para o Chile, é fundamental entender como lidar com a moeda local, e se vale considerar a utilização de real ou dólar durante sua estadia. Neste post, vamos explorar as vantagens e desvantagens de cada moeda, ajudando você a decidir qual delas é mais conveniente durante sua estadia no Chile.

Peso Chileno (CLP)

O peso chileno é a moeda oficial do Chile, e usá-lo pode oferecer diversas vantagens. Muitos estabelecimentos aceitam apenas o peso, especialmente em mercados locais, restaurantes pequenos e lojas regionais. Ao utilizar a moeda local, você também evita as taxas de câmbio adicionais cobradas por alguns estabelecimentos ao aceitarem outras moedas.

Vantagens do Peso Chileno:
  • Maior aceitação em estabelecimentos locais.
  • Evita taxas de câmbio adicionais.
  • Facilita negociações e compras em pequenos comércios.
Real Brasileiro (BRL)

Muitos turistas brasileiros se perguntam se vale a pena levar reais para o Chile. Embora alguns estabelecimentos turísticos possam aceitar reais, a taxa de câmbio aplicada geralmente não é favorável. Além disso, em locais mais remotos ou fora dos centros turísticos, pode ser difícil encontrar lugares que aceitem reais.

Vantagens do Real Brasileiro:
  • Conveniente para despesas turísticas em áreas turísticas.
  • Pode ser útil como reserva de emergência.
Desvantagens do Real Brasileiro:
  • Taxas de câmbio desfavoráveis.
  • Aceitação limitada, especialmente em locais menos turísticos.
Dólar Americano (USD)

O dólar americano é amplamente aceito em muitos destinos turísticos ao redor do mundo, e o Chile não é exceção. Em locais turísticos e grandes cidades, muitos estabelecimentos aceitam dólares. No entanto, a taxa de câmbio pode variar, e alguns lugares podem aplicar taxas adicionais.

Vantagens do Dólar Americano:
  • Aceito em muitos estabelecimentos turísticos.
  • Facilita transações em áreas urbanas.
Desvantagens do Dólar Americano:
  • Variação nas taxas de câmbio.
  • Possíveis taxas adicionais em alguns estabelecimentos.
Evite pagar imposto em dose dupla

Ao considerar a utilização de dólares, é crucial lembrar que trocar reais por dólares antes de trocar novamente por pesos chilenos pode resultar em custos adicionais. Evite o "imposto duplicado" realizando câmbios diretamente para pesos sempre que possível.

Ao planejar sua viagem ao Chile, a escolha da moeda dependerá das suas preferências pessoais e do tipo de experiência que você deseja ter. Recomenda-se sempre ter pesos chilenos em mãos para despesas diárias e em locais menos turísticos. Dólares americanos podem ser úteis em áreas turísticas, enquanto reais brasileiros podem ser considerados como uma reserva adicional. Independentemente da escolha, é essencial pesquisar as taxas de câmbio e verificar a aceitação em diferentes regiões para garantir uma experiência financeira tranquila durante sua estadia no Chile.