Viña del Mar e Valparaíso:conheça o Oceano Pacífico com muita história e cultura
 
  • +56 9 8205 0413 (CL)
  • +55 11 3090-3650 (BR)

Viña del Mar e Valparaíso:conheça o Oceano Pacífico com muita história e cultura





Viña del Mar e Valparaíso no Chile
Se você curte história, cultura e muitas cores já pode colocar em seu roteio as cidades litorâneas de Viña del Mar e Valparaíso quando estiver em Santiago do Chile. Sim, essas cidades guardam muitas curiosidades e você vai se encantar com cada cantinho.

Se for parar para pensar é um pouco estranho saber que você estará pertinho de colocar os pés ou simplesmente olhar para o Oceano Pacífico – simplesmente do outro lado do Brasil.

O bom é que independente da estação do ano em que você estiver pelo Chile, sempre vale a pena conhecer essas cidades que ficam à beira do Oceano Pacífico.

Então prepare os pés para percorrer as ruas e ladeiras de Valparaíso.

Distância de Santiago até Viña del Mar e Valparaíso

Para chegar às cidades litorâneas de Viña del Mar e Valparaíso o percurso é feito por uma rodovia supertranquila e duplicada e o trecho é de aproximadamente 122 quilômetros. Então dá pra fazer um bate e volta se você quer fazer um breve tour pelas cidades, mas é claro que se você tiver a intensão de conhecer mais lugares, como museus, ficar umas horas na praia, aí o ideal é mesmo ficar pelo menos dois dias pela região. Tudo vai depender de quantos dias você tem disponível para permanecer nas terras chilenas.

História de Viña del Mar e Valparaíso

Antes de serem consideradas cidades propriamente ditas as terras eram duas fazendas las Siete Hermanas e Viña del Mar e a norte, nas Siete Hermanas, se plantaram vinhedos que, com o passar do tempo, se tornaram conhecidos como la viña de la mar, que derivaria no atual nome "Viña del Mar".

A origem e a história de Valparaíso sempre estiveram ligadas à sua atividade portuária. Em sua fundação, Valparaíso era considerada o porto natural de entrada para quem seguia para Santiago. Ainda hoje, o porto de Valparaíso é o principal do Chile.

Porto de Valparaíso principal porto do Chile
Porto de Valparaíso, principal porto do Chile.

Por ser um importante porto comercial, na época da Revolução Industrial os norte-americanos e europeus deram toques de modernidade a arquitetura local.

Em 1855 começou a funcionar a ferrovia na região, o que estimulou os fazendeiros a vender os terrenos para as famílias nobres da época, foi então que Viña del Mar começou a se desenvolver.

Atualmente, Valparaíso é considerada Patrimônio de La Humanidad. É também a casa para o poder legislativo do país, onde está instalado o Congresso Nacional, Serviços de Alfândega, Ministério da Cultura, Nacionais Pesca e Aquicultura e da sede da Marinha do Chile.

Foi depois de um terremoto intenso que ocorreu em Valparaíso em 1906, deixando grandes áreas de danos, que as famílias mais ricas mudaram-se de suas casas para Viña del Mar, a construção de pequenas mansões como o Palacio Rioja e Castillo Wuff . Isso fez com que Viña del Mar se transformasse em um lugar de classe alta.

Já Viña del Mar tornou-se conhecida por suas indústrias, tais como estaleiros e arsenais, onde pontes de ferro para a linha ferroviária foram construídas ao sul de Santiago, e Muelle Vergara.

O que conhecer em Viña del Mar e Valparaíso

Diversos são os pontos indicados para conhecer em Viña del Mar e Valparaíso e aqui vamos trazer alguns para você colocar na sua lista e fazer o check de feito.

Relógio de Flores

O primeiro ponto de parada deve ser o relógio de flores que fica perto da praia Caleta Abarca, no Cerro Castillo. Cartão postal da cidade, o relógio foi construído para dar as boas-vindas à Copa do Mundo de Futebol de 1962, que foi disputada na cidade.

 Relógio das Flores em Viña del Mar
O relógio de flores, sem dúvida, rende boas fotos para serem eternizadas em sua memória e claro nas redes sociais.

Museu Fonck

O Museu Fonck é o nome pelo qual o Museu de Arqueologia e História Francisco Fonck é conhecido. Ele leva esse nome em homenagem ao primeiro investigador arqueológico do Chile.

O museu existe desde 1937 e em 1951 ele passou a abrigar um Moai autêntico da Ilha de Páscoa que fica logo na entrada no Museu, local preferido dos turistas para aquele clique. Esse é um dos poucos exemplares de Moai que está fora da Ilha de Páscoa.

Muitas pessoas vão somente até a frente do museu, mas se tiver um tempinho e quiser conhecer mais sobre a história e a cultura dos povos que viviam na região dos Andes, vale muito a entrada.

O Museu Fonck é rico em cultura e conta até com passeios guiados, o que faz toda a diferença se você quer saber dos detalhes dos povos. Muitas peças estão expostas no museu desde animais, utensílios até mesmo múmias.

Então fica aí uma dica de passeio.

O museu está localizado na Calle 4 Norte 784 com 1 Oriente.

Palácio Carrasco

Edifício histórico de Viña del Mar feito pelo arquiteto francês Alfredo Azancot a pedido do empresário Emílio Carrasco, abriga desde 1977 o Centro Cultural de Viña del Mar, a Biblioteca Municipal Benjamín Vicuña Mackenna e o Arquivo Histórico Comunal. Também abriga a Área de Turismo e Desenvolvimento Econômico da Cidade Jardim.

Interessante que o prédio foi construído para ser a residência de Emílio Carrasco, mas que faleceu antes mesmo da obra ser finalizada.

Um ano depois os herdeiros venderam a propriedade a empresários e em 1930 o prefeito da época Manuel Ossa, comprou o prédio a fim de abrigar a Câmara Municipal da Comuna.

Localização: Avenida Libertad, nº250 – Viña Del Mar

Castelo Wulff

Um dos cartões postais de Viña del Mar, o Castelo Wulff foi construído em 1906 e guarda um estilo franco-germâmico. Ele leva esse nome devido ao seu idealizador o empresário alemão Gustavo Wulff. Foi somente em 1920 que o castelo ganhou a torre e um piso transparente que permite aos visitantes locais avistarem as rochas e o mar, embaixo da construção.

A vista do lugar é simplesmente maravilhosa e você ainda pode sentir a brisa do Oceano Pacífico.

Cassino Municipal

Aqui é o local dos amantes dos jogos, um prédio em estilo grego que foi inaugurado na década de 30, e funciona 24 horas por dia. Isso mesmo!

Você pode conhecer algumas áreas do espaço como turista, sem ter que pagar nada por isso.

Agora se estiver a fim de se divertir a noite ou apostar nas mesas ou máquinas, aí basta escolher por onde começar.

No local ainda funcionam diversos restaurantes, bares, hotel e claro baladas!

Localização: Avenida San Martín, 199.

Praia Reñaca

Não tem como visitar o litoral chileno sem visitar uma das praias e a indicação é a Praia Reñaca, de onde é possível ver um belo pôr do sol. Se você curte balada, na orla dessa praia acontecem diversos eventos, além de ter vários bares e restaurantes.

Vale lembrar que a água do Oceano Pacífico é muito gelada, diferente das praias brasileiras. Então não espere dar muitos mergulhos por lá.

Valparaíso

Já em Valparaiso, coloque em sua lista atrações como o Cerro Concepcion, Cerro Alegre, a Plaza Sotomayor, o Mirador 21 de Mayo, o parque Quinta Vergara, o Museu Naval e, claro, o Museu de Pablo Neruda – La Sebastiana.

Mirador na cidade de Valparaiso no Chile
Vista de um dos miradores da cidade de Valparaíso.

Diferente de Viña del Mar, Valparaíso não tem o terreno plano, a sua geografia é repleta de morros, e isso dá um ar todo singular ao espaço.

A cidade é bem colorida e muitos artistas passaram e deixaram sua marca pelas paredes de diversos imóveis. Suas escadarias também são repletas de pinturas e mensagens. Procure uma e faça o seu clique com os amigos e familiares.

São mais de 40 cerros no total e para acessá-los é preciso seguir pelos famosos funiculares, é um tipo de elevador, misturado com bondinho e hoje, além de serem meios de transporte estão entre os principais pontos turísticos da cidade litorânea do Chile – Valparaíso.

Funicular de Valparaíso no Chile
Um dos vários funiculares existentes em Valparaíso.

Se estiver com um tempinho de sobra para visitar as cidades litorâneas aproveite para conhecer o Cerro Alegre e o Cerro Alegre que estão repletos de mirantes com vistas maravilhosas para o mar, e para as cidades.

Museu Casa La Sebastiana

Essa é uma das três casas que pertenceu ao poeta Pablo Neruda. Todas elas se tornaram pontos turísticos.

Neruda estava cansado de viver em Santiago e queria um lugar para escrever e que tivesse uma boa vista para descansar e confortável, foi aí que comprou a propriedade em Valparaíso, que foi apelidada de La Sebastiana em referência ao espanhol que a construiu.

A casa com cinco andares traz muitas alusões às temáticas náuticas e o poeta morou lá até sua morte em 1973. Após o golpe militar a casa foi saqueada e depredada, sendo recuperada em 1991.

Deixamos aqui alguns dos pontos para você conhecer nas cidades de Valparaíso e Viña del Mar, claro que tem muito mais, mas a ideia é deixar você com gostinho de quero mais!

Full Tour: agência de turismo no Chile

Agência de turismo no Chile

 Entre em contato! Você está planejando sua viagem para o Chile e gostaria de receber um atendimento exclusivo em português? Receba as informações completas dos passeios,itinerários, dicas e também fique por dentro de descontos e ofertas exclusivas que preparamos mensalmente. É só preencher seus dados no formulário de contato para podermos te ajudar =).




voltar